Aplicação do método AHP para a hierarquização das alternativas de tratamento de resíduos sólidos domiciliares

Ana Lúcia Marchezetti, Eloy Kaviski, Maria Cristina Borba Braga

Resumo


A realidade atual da Região Metropolitana de Curitiba (RMC) em relação à gestão de resíduos sólidos domiciliares foi a motivação inicial desta pesquisa. Seu objetivo principal consiste em identificar e hierarquizar as alternativas tecnológicas disponíveis para o tratamento desses resíduos. Os resultados obtidos derivaram do conhecimento da quantidade de resíduos gerados na RMC e da revisão da literatura, que serviu de suporte para a identificação de alternativas tecnológicas para o tratamento de resíduos domiciliares. Para a determinação da hierarquia entre as alternativas de tratamento foi adotado o método AHP – Analytic Hierarchy Process. Os critérios adotados representam o cenário atual da RMC. A aplicação do método AHP hierarquizou as tecnologias e identificou a reciclagem como a mais adequada, com somatória dos pesos igual a 3,488, e a incineração, como a menos adequada, com somatória igual a 1,005. Como resultado principal produziu-se uma ferramenta que permitiu simular cenários em função da alteração dos valores dos critérios adotados. Cada novo cenário possibilita a utilização da mesma metodologia aplicada à RMC como apoio à tomada de decisão em outras circunstâncias, específicas para cada município ou consórcio de municípios.


Palavras-chave


resíduos sólidos domiciliares; tecnologias para o tratamento de resíduos; análise multicritério; método AHP

Texto completo:

PDF () PDF () PDF




Direitos autorais 2016 Ambiente Construído

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Indexado em: