Análise crítica da aplicação do custeio-meta no desenvolvimento de empreendimentos de habitação de interesse social

Ana Mitsuko Jacomit, Ariovaldo Denis Granja

Resumo


O custeio-meta é uma abordagem amplamente aplicado na manufatura e representa uma inovação no processo de desenvolvimento de produtos, em que o custo, a qualidade e a funcionalidade não são conseqüências do processo de projeto, mas parâmetros de entrada. Este artigo investiga a aplicabilidade da abordagem custeio-meta no desenvolvimento de empreendimentos habitacionais de interesse social (EHIS). Tais empreendimentos possuem muitas peculiaridades em relação a produtos da manufatura, não havendo evidências de que esta abordagem seja adequada ao desenvolvimento de EHIS, nem mesmo de produtos da construção civil em geral. Este artigo se propõe a investigar como e por que algumas características dos EHIS - a maioria delas comuns também a outros tipos de empreendimentos de construção - influenciam a aplicabilidade do custeio-meta. Estas questões foram analisadas com base na adaptação de conceitos da manufatura para a construção civil e num estudo de caso exploratório conduzido em uma companhia estadual de provisão habitacional. O estudo propõe adaptar o custeio-meta às condições do contexto de análise, concentrar esforços nas atividades mais vantajosas ou ajustar o contexto de análise de modo a maximizar os seus benefícios e minimizar incertezas.


Palavras-chave


Custeio-meta. Custo-meta. Desenvolvimento de produto. Habitação social. Gestão de custos.

Texto completo:

PDF




Direitos autorais 2016 Ambiente Construído

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Indexado em: