Modelo de Maturidade BIM para Instituições de Ensino Superior

Jeferson Spiering Böes, José De Paula Barros Neto, Mariana Monteiro Xavier Lima

Resumo


A literatura apresenta diversos modelos de maturidade BIM para projetos, organizações e indivíduos, havendo uma lacuna de modelos destinados às Instituições de Ensino Superior. Consequentemente, vislumbra-se a ausência de trabalhos que mensuram a maturidade BIM das instituições. Desta forma, o presente estudo tem por objetivo (i) apresentar um modelo de matriz de maturidade BIM para IES; (ii) realizar a mensuração da maturidade BIM nas IES do estado do Ceará. O modelo desenvolvido está estruturado em três campos BIM (Políticas, Processos e Tecnologia), através de 16 critérios e divididos em cinco níveis de maturidade. A pesquisa analisou 26 cursos de Engenharia Civil e Arquitetura e Urbanismo, em IES públicas e privadas, obtendo o Grau de Maturidade, o Índice de Maturidade e as características de utilização do BIM. Como contribuição, o estudo apresenta: (i) uma contribuição teórica, através da proposição de um modelo de maturidade BIM para as IES, permitindo que outras instituições possam mensurar seu desempenho; (ii) caracterização do BIM nas IES, as barreiras para adoção, usos e disciplinas BIM; (iii) mensuração da maturidade das IES. A mensuração da maturidade BIM nas IES do estado do Ceará permitiu um panorama das IES, fazendo parte de uma etapa de macrodiagnóstico do setor.


Palavras-chave


Maturidade BIM; Ensino de BIM; Adoção BIM; Engenharia Civil; Arquitetura e Urbanismo

Texto completo:

HTML




Direitos autorais 2021 Ambiente Construído

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Indexado em: