A relação entre Caridade e Conhecimento na vida de Juliana do Monte Cornillon (†1258).

Autores

  • Ana Paula Lopes Pereira Faculdade de Formação de Professores (FFP) – Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Palavras-chave:

Affectus. Século XIII. Juliana do Monte Comillon. Antropologia hagiográfica.

Resumo

Resumo: A relação entre Caridade, amor absoluto de Deus e Conhecimento místico aparece como uma constante analítica na narrativa hagiográfica produzida na diocese de Liège no século XIII. Os hagiógrafos buscando dar conta de um novo tipo de santidade, de uma piedade laica, moderna, voluntária, acabam investigando a natureza das mulheres piedosas, seus modos de sentir e de pensar. Analisando a noção de affectus na doutrina da cisterciense da Caridade e apontando alguns elementos da vida de Juliana do Monte Cornillon sobre o conhecimento místico, buscamos demonstrar que integrados no aparelho conceitual cisterciense esses clérigos, pertencentes ao início do pensamento escolástico, empreendem uma antropologia hagiográfica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Paula Lopes Pereira, Faculdade de Formação de Professores (FFP) – Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Professor Assistente em História Antiga e Medieval – Faculdade de Formação de Professores (FFP) – Universidade do Estado do Rio de Janeiro Mestre em Texto, Imaginário, Sociedade – Universidade de Saint Denis – Paris VIII

Downloads

Publicado

2009-06-26

Como Citar

PEREIRA, A. P. L. A relação entre Caridade e Conhecimento na vida de Juliana do Monte Cornillon (†1258). Revista Aedos, [S. l.], v. 2, n. 2, 2009. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/aedos/article/view/9861. Acesso em: 24 maio. 2022.