Chamada do Dossiê: Narrativas sobre África(s) a partir do Brasil

CHAMADA DO DOSSIÊ: Narrativas sobre África(s) a partir do Brasil

 

Início do recebimento de artigos: 31 de agosto

 

Data limite para envio: 31 de outubro

 

Muitas narrativas acadêmicas sobre a(s) África(s) têm sido produzidas a partir do Brasil, ainda que com diferentes intensidades em cada estado. Nesse sentido, o presente dossiê objetiva construir novos espaços de divulgação de saberes em relação às Áfricas, reunindo produções acadêmicas geradas no Brasil que lançam seus olhares para as múltiplas formas existenciais da África e dos(as) africanos(as). Será primado artigos que tenham como enfoque temporal os século XX e XXI; que realizem análises sobre os processos coloniais e pós-coloniais no território africano, sobre as relações interafricanas e dessas sociedades para com outros países externos ao continente africano. Os textos podem ser frutos de análises das mais diversas fontes históricas, como a literatura, história oral, jornais ou cinema.

A proposta deste dossiê também dialoga com pesquisas que problematizem as representações das Áfricas e dos(as) africanos(as) no mundo ocidental, as quais são fixadas “pelos nossos códigos culturais”, mutáveis ao decorrer do tempo, abertos à “produção de novos sentidos, novas interpretações” (HALL, 2016, p. 60). Ao mesmo tempo, é de muita valia as produções que levem em consideração àquilo que Stuart Hall (2016, p. 212) nomeia de transcodificação, ou seja, o ato de ressignificação das representações pejorativas e estereotipadas, e apresentação de imagens e narrativas positividas sobre essas sociedades.

 

Proponente:

Rafael Barbosa de Jesus Santana: Graduado em História (UNIPAMPA). Especialista em História e Cultura Afro-brasileira (FESL). Especializando em Relações Internacionais (UNIPAMPA). Mestrando em História (UFRGS).