Políticas Editoriais

Foco e Escopo

Tendo em vista a grande demanda pela divulgação de trabalhos acadêmicos de discentes de pós-graduação ou de historiadores recém-mestres ou recém-doutores, o corpo de alunos do Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal do Rio Grande do Sul decidiu propor o presente projeto de uma revista eletrônica com o objetivo de criar mais um espaço para auxiliar na divulgação e debate de suas pesquisas.

Deste modo, entendemos que a criação de um periódico que tenha por finalidade a aproximação de historiadores no nível da pós-graduação da História e áreas afins, se faz imperativo para uma maior circulação da produção do conhecimento histórico, atualmente desenvolvido nos diferentes espaços intelectuais do país.

Assim, temos como objetivo publicar textos resultantes dos trabalhos acadêmicos de pós-graduação em história (e/ou de outras áreas desde que estabeleçam diálogo a história), assim como de recém-titulados, com resultados parciais ou finais de suas investigações. A Revista será publicada em meio eletrônico, podendo também ser divulgada em ''CD-ROM''.

 

Políticas de Seção

Dossiê Temático

A revista estabelecerá em edital a política apropriada para esta sessão.

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Artigos

Espaço dedicado à publicação de trabalhos conclusos ou com conclusões parciais sob forma de artigo, da área de História ou disciplinas afins, resultantes de pesquisas originais ou de revisão bibliográfica. 

Os textos devem ser inéditos em periódicos de qualquer espécie, bem como em capítulos de livros (publicados ou no prelo). Caso verifique-se que o texto não é inédito, seu autor pode estar sujeito às medidas judiciais cabíveis.

Além disso, devem estar de acordo com as exigências expostas nas Diretrizes para Autores; no Regimento da revista e em eventuais editais.

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Resenhas

Espaço destinado à publicação de resumos críticos de livros na área de História ou disciplinas afins, com edições ou reedições publicadas há no máximo cinco anos.

Os textos devem ser inéditos em periódicos de qualquer espécie, bem como em capítulos de livros (publicados ou no prelo). Caso verifique-se que o texto não é inédito, seu autor pode estar sujeito às medidas judiciais cabíveis.

Além disso, devem estar de acordo com as exigências expostas nas Diretrizes para Autores; no Regimento da revista e em eventuais editais.

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Entrevistas

Espaço para a publicação de opiniões e/ou declarações de profissionais da área de História (ou afins) que envolvam questões pertinentes ao debate historiográfico atual.

Caso você queira propor uma entrevista para publicação na Aedos, entre em contato pelo email revista.aedos@gmail.com.

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares
 

Processo de Avaliação pelos Pares

Os artigos, entrevistas e resenhas propostos serão avaliados pelo Conselho Consultivo, assessorado por um corpo de pareceristas. O Conselho Consultivo é composto por, no mínimo, oito professores doutores, vinculados a instituições de ensino superior e/ou de pesquisa, e deverão, assim como os pareceristas, ser professoras/es e/ou pesquisadoras/es atuantes em áreas de conhecimento pertinentes à temática da revista Aedos.
Os pareceres são emitidos como: 'Aceitar''; ''Correções Obrigatórias''; ''Submeter Novamente para Avaliação''; ''Enviar para outra Revista''; ''Rejeitar''.
As propostas serão enviadas para pelo menos dois pareceristas. Havendo discordância entre eles, serão encaminhadas a um terceiro. 

 

 

Periodicidade

A Revista AEDOS é uma publicação semestral, em formato eletrônico, de distribuição gratuita.

 

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

 

Arquivamento

Esta revista utiliza o sistema LOCKSS para criar um sistema de arquivo distribuído entre as bibliotecas participantes e permite às mesmas criar arquivos permanentes da revista para a preservação e restauração. Saiba mais...

 

Regimento

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SU

INSTITUTO DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM HISTÓRIA



AEDOS

Revista do corpo discente do Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal do Rio Grande do Sul

 

REGIMENTO

 

CAPÍTULO I - DEFINIÇÃO

Art. 1º - A revista Aedos é uma publicação vinculada ao corpo discente do Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

 

CAPÍTULO II - OBJETIVOS

Art. 2º - A revista Aedos tem por objetivo proporcionar um espaço de divulgação e debate de trabalhos acadêmicos na área de História (e/ou de outras áreas, desde que estabeleçam diálogo com a História), produzidos por pesquisadoras/es graduadas/os e pós-graduadas/os, na forma de artigos, resenhas de livros e entrevistas.

 

CAPÍTULO III - ADMINISTRAÇÃO

Art. 3º - A administração da revista Aedos será constituída por um Conselho Editorial.

Art. 4º - O Conselho Editorial deve ser composto por, no máximo, vinte integrantes, a depender do número de pessoas interessadas.

§1º - O Conselho Editorial deve, preferencialmente, ser composto de forma equilibrada por discentes oriundas/os dos cursos de Mestrado e de Doutorado.

Art. 5º - O Conselho Editorial permanecerá à frente da Revista pelo período de um ano, prorrogável por mais um, ao cabo do qual uma nova equipe deverá assumir, mediante disputa eleitoral entre as pessoas interessadas, caso o número destas seja superior a vinte.

§1º - O novo Conselho Editorial deverá ser definido até a terceira semana do primeiro semestre do calendário letivo do Programa de Pós-Graduação em História da UFRGS, em reunião previamente agendada.

§2º - Caberá ao/à Editor/a-Chefe em exercício convocar, na primeira semana do primeiro semestre do calendário letivo do Programa de Pós-Graduação em História da UFRGS, mediante ampla divulgação, reunião para a formação do novo Conselho Editorial.

§3º - Na referida reunião será  escolhido/a um/a Editor/a-Chefe.

§4º - Se necessário, nos termos do caput deste artigo, caberá ao Conselho Editorial em exercício definir como se dará o processo de eleição por maioria simples dentre aquelas/es consideradas/os elegíveis ou reelegíveis para a composição do novo Conselho Editorial.

§5º - Observar-se-á, no tocante à composição do Conselho Editorial, se possível, a alternância entre ocupantes oriundas/os do Doutorado e do Mestrado, de forma que estas/es estejam representados de maneira equânime.

§6º - Caso o número de integrantes do Conselho Editorial não atinja o máximo, novas/os integrantes poderão ser incorporados a qualquer tempo.

§7º - As/Os integrantes do Conselho Editorial, assim como o/a Editor/a-Chefe, podem ser reeleitos/as uma única vez, salvo o não preenchimento do número de vagas.

§8º - No momento da definição de um novo Conselho Editorial, as/os integrantes do anterior receberão um certificado atestando a sua participação, conforme o modelo exposto no Anexo I.

Art. 6º - Cabe ao Conselho Editorial:

I - Definir as estratégias financeiras da Revista.

II - Convidar integrantes para compor o Conselho Consultivo e o corpo de pareceristas.

III - Realizar a mediação entre a publicação e o corpo discente do Programa de Pós-Graduação em História, a fim de definir temas de dossiês.

IV - Estabelecer as normas e os prazos para o envio de trabalhos.

V - Encaminhar e divulgar editais.

VI - Receber os trabalhos e encaminhá-los ao Conselho Consultivo e às/aos pareceristas.

VII - Comunicar o aceite, aceite mediante reparos e/ou não aceite dos trabalhos às/aos suas/seus proponentes, conforme previsto no conjunto de normas da revista Aedos.

VIII - Encomendar textos especiais, como entrevistas, tradução de artigos ou capítulos de livros e transcrição ou tradução de fontes.

IX - Encarregar-se das atividades referentes à produção gráfica e à editoração dos textos.

X - Zelar pela periodicidade da publicação.

XI - Propor mudanças no Regimento da Revista.

Parágrafo único: toda e qualquer alteração no Regimento só será efetivada em reunião plenária do Conselho Editorial, com a presença de pelo menos 2/3 de suas/seus integrantes e a aprovação da modificação em questão por maioria simples (50% + 1).

XII - Deliberar a respeito dos casos não previstos neste Regimento.

Art. 7º -  Cabe ao/à Editor/a Chefe:

I - Supervisionar o processo editorial.

II – Designar submissão a Editor/a de Seção.

III - Gerenciar a edição: criar edições; agendar submissões; organizar o sumário.

IV - Assumir a publicação: oferecer acesso livre; arquivar as submissões e fazer o registro completo das submissões (aceitas ou rejeitadas).

Art. 8° - Cabe ao/à Editor/a Gerente

I - Definir as funções editoriais.

II - Cadastrar editoras/es, avaliadoras/es, editoras/es de seção e de texto.

III - Exercer a função de Editor/a, se necessário for.

IV - Coordenar e/ou delegar todas as atividades pertinentes à revista Aedos.

V - Convocar reuniões periódicas do Conselho Editorial.

VI - Convocar reuniões para a formação de novo Conselho Editorial. 

Art. 9° - Cabe ao/à Editor/a de Seção:

I – Avaliar a submissão conforme os critérios de publicação da revista.

II - Designar avaliadoras/es para a submissão.

III - Supervisionar o processo de avaliação.

IV - Avaliar e decidir pelo melhor encaminhamento da submissão, com base nas considerações das/os avaliadoras/es.

V – Comunicar-se com autoras/es e avaliadoras/es.

VI - Exercer a função de Editor/a de Texto, ou seja, verificar e corrigir o texto, melhorando a legibilidade e clareza, questionando o/a autor/a sobre possíveis equívocos, assegurando a estrita conformidade do documento com as normas bibliográficas e estilo. 

 

 Art. 10º - É vedado às/aos integrantes do Conselho Editorial a publicação na Revista Aedos, enquanto perdurar o seu mandato.

 

CAPÍTULO IV - SEÇÕES

Art. 11 - A revista Aedos é composta pelas seguintes seções:

 I - Artigos: espaço dedicado à publicação de trabalhos conclusos ou com conclusões parciais sob forma de artigo, resultantes de pesquisas originais ou de revisão bibliográfica.

II - Resenhas: espaço destinado à publicação de resumos críticos de livros na área de História ou disciplinas afins, com edições ou reedições publicadas há no máximo cinco anos.

III - Entrevistas: espaço para a publicação de opiniões e/ou declarações de profissionais da área de História (ou afins) que envolvam questões pertinentes ao debate historiográfico atual.

IV - Dossiê: sempre que possível, a publicação será norteada pelo dossiê, com temática a ser definida pelo Conselho Editorial e com a qual os trabalhos propostos deverão estar relacionados.

Parágrafo Único - Se o Conselho Editorial julgar conveniente, poderá indicar a publicação de traduções e transcrições de fontes.

Art. 12 - Os textos devem ser inéditos em periódicos de qualquer espécie, bem como em capítulos de livros (publicados ou no prelo), e escritos em língua portuguesa ou espanhola.

§ 1º - Caso verifique-se que o trabalho não é inédito, seu/sua autor/a pode estar sujeito/a às medidas judiciais cabíveis. 

  Art. 13 - Os textos propostos devem atender as demandas da revista Aedos publicadas em edital.


CAPÍTULO V - AVALIAÇÃO DE TRABALHOS 

Art. 14 - A revista Aedos receberá, por meio da plataforma hospedada no Sistema Eletrônico de Editoração de Periódicos (SEER) da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), submissões de artigos, entrevistas e resenhas para avaliação:

§ 1º - A qualquer tempo.

§ 2º - A partir de chamadas para dossiês, publicadas na forma de edital, a ser amplamente divulgado.

Art. 15 – Os artigos, entrevistas e resenhas propostos serão avaliados pelo Conselho Consultivo, assessorado por um corpo de pareceristas.

Art. 16 – O Conselho Consultivo é composto por, no mínimo, oito professores doutores, vinculados a instituições de ensino superior e/ou de pesquisa.

Art. 17 - Os pareceristas deverão ser professoras/es e/ou pesquisadoras/es atuantes em áreas de conhecimento pertinentes à temática da revista Aedos.

Art. 18 – Cabe ao Conselho Consultivo e às/aos pareceristas:

I - Avaliar os textos propostos e emitir pareceres de acordo com o que é estabelecido pela revista Aedos: “favorável sem qualquer restrição”, “favorável, desde que observadas as sugestões de reformulação indicadas” e “desfavorável”.

II - Informar e manter seus e-mails e demais dados para contato atualizados na plataforma da revista Aedos, hospedada no Sistema Eletrônico de Editoração de Periódicos (SEER) da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

Art. 19 – As/Os integrantes do Conselho Consultivo e do corpo de pareceristas poderão vir a ser convocadas/os para realizar avaliações pelo menos uma vez a cada semestre.

Parágrafo único - Poderão vir a ser excluídos do Conselho Consultivo e do corpo de pareceristas, conforme o Conselho Editorial julgar conveniente:

I – Aquelas/es que, por 02 semestres seguidos, não manifestarem resposta alguma ao serem convocadas/es.

II – Aquelas/es que, por 03 semestres seguidos, recusarem todas as convocações.

Art. 20 – As/Os integrantes do Conselho Consultivo e do corpo de pareceristas que realizarem avaliações de artigos, entrevistas e resenhas receberão um certificado, conforme o modelo exposto no Anexo II, a ser emitido no máximo até      da publicação do número no qual colaboraram.

Art. 21 - A comunicação pertinente à avaliação dos textos, entre editoras/es e integrantes do Conselho Consultivo e do corpo de pareceristas, ou entre editoras/es e proponentes, deverá ser feita preferencialmente por meio da plataforma da revista Aedos, hospedada no Sistema Eletrônico de Editoração de Periódicos (SEER) da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

Art. 22 - As propostas serão enviadas para duas/dois avaliadoras/es. Havendo discordância entre elas/es, serão encaminhadas a um terceiro.

Art. 23 - Será assegurado o anonimato das/os proponentes e das/os avaliadores durante todo o processo de avaliação.

Art. 24 – Caso as sugestões apresentadas pelas/os avaliadoras/es demandem reformulações de maior magnitude, se considerará que o texto recebeu parecer “desfavorável”, e a/o proponente deverá ser devidamente informada/o sobre as razões desse parecer.

Parágrafo único – Será sugerido à/ao proponente que, após as reformulações, este submeta o texto novamente para avaliação.

Art. 25 - Caso não existam avaliadoras/es dispostas/os ou aptas/os a avaliar um determinado texto de forma a cumprir com a quantidade mínima de avaliadores estabelecida no art. 17, ele receberá parecer “desfavorável”, e a/o proponente deverá ser devidamente informada/o sobre as razões desse parecer.

Art. 26 – Às/Aos proponentes cujos textos não observarem as regras de formatação da revista Aedos, constantes no Anexo III, ou que apresentarem graves erros de ortografia e/ou gramática, será solicitado que realizem a reformatação e/ou correção antes que o texto seja encaminhado para avaliação.

Parágrafo único - Receberão parecer “desfavorável” aqueles textos que não forem reformatados e/ou corrigidos dentro de 14 dias a contar da data em que for feita a solicitação às/aos suas/seus proponentes.

Art. 27 -  Ao decorrerem 12 meses da data de submissão dos textos, aqueles que por qualquer motivo não tenham sido avaliados e/ou publicados em edições da revista Aedos receberão parecer “desfavorável”, e a/o proponente deverá ser devidamente informada/o sobre as razões desse parecer.

Art. 28 – Um/a mesmo/a proponente poderá constar como autor/a apenas uma vez por número, independente da seção. 

Parágrafo Único - Caso um/a proponente tenha mais de um texto aprovado, caberá ao Conselho Editorial decidir qual será publicado, deliberar sobre a publicação do(s) outro(s) em números subsequentes e informar o/a proponente da sua decisão.

Art. 29 – Às/Aos proponentes não cabe nenhum tipo de recurso em relação ao parecer recebido pelos seus trabalhos.

 

CAPÍTULO VI - PUBLICAÇÃO

Art. 30 – Aedos é uma revista publicada semestralmente, online.

§ 1º ­ Números especiais podem vir a ser publicados.

§ 2º - Anais de evento podem vir a ser publicados no máximo 02 vezes por ano, desde que observadas as seguintes regras:

I - A publicação será feita apenas em número especial da revista Aedos, a ser publicada separadamente do Dossiê ou da edição referente àquele semestre.

II - A organização do evento deverá entrar em contato previamente com o Conselho Editorial, que avaliará a solicitação em reunião plenária, aprovando-a ou rejeitando-a conforme julgar pertinente.

III - A publicação de número especial com anais de evento se dará em até 06 meses após a submissão dos textos pela organização do evento.

IV -  Os textos submetidos deverão estar em formato artigo, já adequados às normas de publicação da revista Aedos - constantes no Anexo III - e revisados ortográfica e gramaticalmente.

V - No caso da publicação de anais de evento, não será exigida uma titulação mínima das/os autoras/es, e os textos não serão submetidos aos pareceristas da revista Aedos.

VI - O Conselho Editorial reserva-se o direito de não publicar os Anais na íntegra, havendo a possibilidade de rejeição de textos cuja publicação não seja julgada pertinente.

Art. 31 - A revista Aedos publicará no mínimo 14 artigos por ano, preferencialmente distribuídos de forma igualitária entre os números semestrais.

Art. 32 - A revista Aedos deverá seguir o padrão de identidade visual especificado no Anexo IV, e qualquer mudança neste deverá ser objeto de decisão em reunião plenária do Conselho Editorial.

Art. 33 – O site da revista Aedos, bem como as suas contas em redes sociais, deverão ser atualizados periodicamente pelas/os integrantes do Conselho Editorial.

 

Porto Alegre, 6 de junho de 2016.