Avaliação dos cuidados com a saúde oral de crianças hospitalizadas

Rosana Christine Cavalcanti Ximenes, Débora Santos Franco Aragão, Viviane Colares

Resumo


O objetivo desse estudo foi conhecer os cuidados administrados com relação à saúde bucal de crianças hospitalizadas, verificando a dieta alimentar e a utilização de medicamentos com potencial cariogênico, assim como a higienização oral ou métodos alternativos empregados durante o tempo de hospitalização. Foi feito um estudo descritivo com a aplicação de um formulário aos acompanhantes de 100 crianças internas nas enfermarias de Pediatria de um hospital público de referência no atendimento infantil em Recife, Brasil, num período de 3 meses. Foram utilizadas técnicas de estatística descritiva através da elaboração de tabelas, incluindo distribuições absolutas e percentuais e da apresentação de medidas estatísticas para a variável numérica tempo de hospitalização. As crianças apresentaram uma dieta cariogênica, com o consumo de alimentos açucarados entre as refeições; medicamentos com potencial cariogênico eram administrados em horários de risco para o desenvolvimento de lesões de cárie; a higiene bucal das crianças hospitalizadas não ocorria de forma sistemática e orientada durante a internação. Verificou-se que se faz necessária a participação efetiva de um cirurgião-dentista integrado à equipe de saúde nos hospitais infantis, visando a promoção da saúde bucal. A hospitalização deve surgir como uma possibilidade de conhecer e tratar doenças, e não, propiciá-las.

Palavras-chave


Criança hospitalizada; cuidados de saúde; saúde bucal.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2177-0018.2992