Desordens temporomandibulares e dores orofaciais: uma abordagem sobre as dores polpar e periodontal

Rejane Nunes, Eleutério A. Martins

Abstract


Este trabalho, orientado para o aluno iniciante em "Desordens temporomandibulares e dor oro-facial; Diagnóstico" foi elaborado para proporcionar uma parcela de informação revisada e atualizada em complementação a uma série de conferências sob o título de "Dor no consultório - o que fazer?" (Diretório Acadêmico Othon Silva - FO/UFRGS - 1990) Considerando o fato de que uma boa parte das dores somáticas profundas na região oro-facial têm origens dentárias, achamos justificável a abordagem de: 1 - um resumo dos fatores envolvidos na etiologia e percepção das dores polpares e periodontais, e 2 - uma descrição suscinta dos mecanismos que embasam a transmissão das dores de origem dentária e sua modulação, tanto periférica como central. Não são aqui discutidas, devido a suas características muitas vezes multidisciplinares, especialmente nos casos de dores crônicas, as oportunidades terapêuticas múltiplas atualmente à disposição do clínico. Algumas serão só citadas. Para facilitar ao aluno interessado a oportunidade de um maior acesso às fontes de referência atualizadas, aquelas consideradas mais importantes são citadas ao final do trabalho e numeradas no texto. Os autores.



DOI: https://doi.org/10.22456/2177-0018.101889

Licença Creative Commons

e-ISSN 2177-0018 / ISSN 0566-1854.

descrição da foto descrição da foto descrição da foto descrição da foto descrição da foto descrição da foto descrição da fotodescrição da foto