A deriva em Barrio: a experiência do 4 dias, 4 noites

Anelise Tietz

Resumo


Este artigo pretende discutir a produção artística do artista Artur Barrio, a partir da deriva 4 dias, 4 noites. Propomos que a deriva de Barrio se assemelha a um jogo que oscila entre perder e achar. O artista vivencia a perda do controle sobre seu percurso ao mesmo tempo que vivencia um acúmulo de percepções sensoriais. Se alia a esta discussão, uma refl exão sobre o caminhar na arte, na qual se somam as derivas situacionistas e surrealistas.


Palavras-chave. Arte contemporânea, Artur Barrio, deriva.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.