O espaço mutável: possibilidades de participação

Luciana Benetti Marques Valio

Resumo


Pretende-se discutir a participação do sujeito nos trabalhos Barravento (2001), Falha (2003) e Kunst-Werke (cabeça e cauda de cavalo) (2010) da artista Renata Lucas, considerando as interlocuções com as proposições de Lygia Clark. Entretanto, o enfoque analisado no trabalho de Renata Lucas é a possibilidade de reconfiguração espacial transferida para o participante. E também, o inverso: a possibilidade de alteração da percepção do participante pelo espaço. Assim, participação do sujeito não é meramente circunstancial sem considerar-se toda a trama de relações envolvidas no espaço onde o trabalho se configura. Além disso, trata-se de um espaço mutável, o qual resulta da ação do participante na constituição da obra.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.