A tecnologia aplicada ao corpo: abordagens subversivas em arte

Juliana Gontijo

Resumo


Este artigo propõe pensar a inter-relação da arte com os novos meios tecnológicos em propostas de instalações, que acentuam a corporalidade do espectador e subvertem os discursos hegemônicos sobre a arte, o corpo e a tecnologia, partindo de conceitos ligados ao pós-humanismo. Do corpo participante das propostas artísticas dos anos 60 à intensificação das experiências perceptivas com base em um corpo virtualmente codificado, o trabalho dos artistas argentinos e brasileiros Leonello Zambón, Leo Nuñez, Eduardo Kak, Rejane Cantoni e Danela Kutschat Hanns sugere um questionamento sobre a interação corpo-máquina e o lugar do corpo na sociedade pós-moderna.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.