Gênero e Refúgio: Um Estudo do Deslocamento Feminino nos Países do Triângulo Norte da América Central e México à Luz da Perspectiva Feminista das Relações Internacionais

Maria Paula Britto, Vanessa de Azevedo Gomes, Ana Luíza Delgado, Roberty Douglas Marinho

Resumo


O presente artigo tem como objetivo compreender como a dimensão jurídica tradicional de refugiado relaciona-se com a condição vulnerável experimentada pelas mulheres que se deslocam do Triângulo Norte da América Central e México para outros países em busca de refúgio. São feitas análises acerca do conceito jurídico de refugiado vigente e as atuais consequências deste para essas mulheres. Para compor o arcabouço teórico, foram utilizadas as abordagens feministas das Relações Internacionais. Com isso, pôde-se verificar a hipótese de que a tradicional definição de refugiado dificulta a categorização das mulheres que sofrem violência de gênero como refugiadas e constitui uma situação de maior insegurança às deslocadas do Triângulo Norte e México.

Texto completo:

PDF