A Revolução Iraniana: Rupturas e Continuidades na Política Externa do Irã

Murillo Müller do Espirito Santo, Tiago Oliveira Baldasso

Resumo


O presente artigo visa à análise da política externa iraniana no período anterior e posterior à revolução de 1979. Nesse sentido, serão analisadas, por meio de revisão bibliográfica de obras que abarcam o tema, as relações internacionais do Irã com os países de seu entorno regional e com as grandes potências, Estados Unidos e União Soviética, bem como os impactos da revolução islâmica no sistema internacional. Por fim, serão destacadas as linhas de rupturas e de continuidades da política externa do país ao longo do período.

Texto completo:

PDF