Políticas Editoriais

Foco e Escopo

A Revista Perspectiva: Reflexões sobre a Temática Internacional se propõe a ser uma ferramenta através da qual os alunos de graduação possam ter acesso ao ambiente acadêmico, em face dos poucos meios de publicação e difusão dos trabalhos dos graduandos. A principal intenção é criar um veículo permanente de divulgação da produção intelectual dos estudantes de graduação de áreas relacionadas às Relações Internacionais. Esta revista pretende, assim, ser um espaço de diálogo entre as diversas áreas do conhecimento, uma vez que o campo de Relações Internacionais é notadamente multidisciplinar.

Visando à iniciação científica, a Revista Perspectiva aspira a estimular este tipo de produção e sua excelência com o respaldo da Universidade Federal do Rio Grande do Sul e da Faculdade de Ciências Econômicas, além de consolidar o curso de Relações Internacionais da referida universidade perante o meio acadêmico. Entendemos, pois, que o incentivo à pesquisa e à iniciação científica na graduação fertiliza o conhecimento e desenvolve pesquisadores mais capacitados nas áreas em questão.

A Revista se coloca como um espaço aberto à discussão dos mais variados pontos de vista; um ambiente de fomento ao conhecimento crítico e plural, que potencializa a subjetividade histórica dos estudantes das Relações Internacionais e áreas relacionadas. Em momentos de crise econômica, guerra, terrorismo e intolerância, torna-se imprescindível refletir sobre a temática internacional, e é esse o convite que esta revista faz aos seus leitores.

 

Políticas de Seção

Editorial

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Artigos

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Entrevista

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Resenhas

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Edições Completas

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares
 

Processo de Avaliação pelos Pares

Os trabalhos enviados à revista serão submetidos a um processo editorial composto por diversas fases. Primeiramente, os artigos recebidos serão objeto de uma avaliação preliminar por parte dos membros do Conselho Executivo, que determinarão a pertinência, ou não, da sua publicação. Uma vez estabelecido que o artigo cumpre os requisitos temáticos, além dos requisitos formais indicados na seção Diretrizes para Autores, ele será enviado para dois pareceristas externos (ad hoc ou não), especialistas nas áreas de atuação da revista, pelo sistema “duplo-cego”, que determinarão, de forma anônima: a) a publicação do artigo, sem modificações; b) a publicação do artigo, após pequenas modificações; c) a publicação do artigo, após modificações substanciais; ou d) a não publicação do artigo. Caso as decisões dos pareceristas sejam divergentes, o artigo será avaliado por um terceiro parecerista, cuja decisão definirá a publicação, ou não, do artigo. Por fim, a decisão dos pareceristas será comunicada ao(s) autor(es) do trabalho.

 

Periodicidade

A revista é publicada semestralmente.

 

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

 

Normas para Publicação

Disposições Gerais

  1. Serão aceitos somente artigos inéditos relacionados ao tema da Revista (Relações Internacionais e áreas afins), produzidos somente por alunos de graduação de qualquer instituição e curso, regularmente matriculados;

  2. Prezando sempre pela honestidade e qualidade acadêmica no processo de divulgação do conhecimento, o artigo deve estar devida  e completamente referenciado;

  3. O artigo passará por um processo minucioso de avaliação, e os(as) autores(as) devem estar cientes de tal e cumprir prazos estipulados pelo Conselho Executivo da Revista. Caso os prazos não sejam cumpridos, o Conselho tem a prerrogativa de cancelar a avaliação do artigo.

Formatação do Artigo

  1. O texto deve conter entre 25 e 45 mil caracteres, incluídos os espaços;

  2. Tipologia Times New Roman, tamanho da fonte 12;

  3. Margens de três centímetros e espaçamento de 1,5 entre as linhas;

  4. Deve constar, no início do artigo, um resumo em português de 500 a 800 caracteres, sintetizando os propósitos e conclusões do autor, além de 4 a 6 palavras-chave;

  5. No final do Artigo, antes das referências, deve constar o título do artigo, o resumo e as palavras-chave traduzidos para o inglês;

  6. Todas as seções e subseções devem conter um texto relacionado a ela (por exemplo: entre a seção 2 e subseção 2.1 deve conter um texto de introdução);

  7. O título do artigo, assim como o título das seções, devem estar apenas com as primeiras letras das palavras em caixa alta;

  8. As notas de rodapé devem ser de natureza substantiva e complementar ao texto, sendo alocadas no final da página. O espaçamento no texto da nota deve ser simples e entre as notas 1,5; o tamanho da fonte deve ser 10 e a tipologia mantida;

  9. As citações, quando necessárias, deverão ser mantidas no corpo do texto quando menores de quatro linhas, entre aspas duplas e sem itálico; quando ultrapassarem esse limite, deverão constituir um parágrafo independente, com margem de quatro centímetros, fonte 10 e espaçamento simples entre linhas e sem aspas. Ao final da citação, é obrigatória a adição, entre parênteses, do sobrenome do autor original, ano da publicação em questão e número da(s) página(s);

  10. A bibliografia deve ser citada de acordo com o sistema ABNT (AUTOR, ano), referenciando a literatura citada ao final do texto;

  11. Quaisquer gráficos, tabelas, esquemas ou assemelhados devem ser também enviados em um documento separado, em anexo ao artigo;

  12. Esclarecimentos sobre a normalização exigida devem ser consultados nos termos estabelecidos pela ABNT para artigos em periódicos científicos (NBR – 6022).