Prática profissional do enfermeiro e influências sobre a sensibilidade moral

Danielle de Araújo Moreira, Cecília Maria Lima Cardoso Ferraz, Iluska Pinto da Costa, Jéssica Martins Amaral, Thaís Teixeira Lima, Maria José Menezes Brito

Resumo


Objetivo: Compreender a prática profissional do enfermeiro e suas influências para o
desenvolvimento da sensibilidade moral.
Métodos: Estudo qualitativo, descritivo, realizado entre novembro de 2015 e fevereiro de
2016, em unidades de internação da clínica médica, de dois hospitais de grande porte,
localizados em Belo Horizonte, Minas Gerais. Participaram 14 enfermeiros. A coleta de dados
ocorreu por meio de entrevistas, guiadas por roteiros semiestruturados. Os dados foram
submetidos à análise de conteúdo.
Resultados: Emergiram duas categorias: Prática profissional do enfermeiro: bens internos e
externos e; Sensibilidade moral e a interface com a prática profissional de enfermeiros. O
desenvolvimento da Sensibilidade moral dos enfermeiros, sofre influência de fatores
relacionados à prática profissional, como as relações interpessoais, a educação ética e as
atividades de gestão.
Considerações finais: Na prática profissional, a Sensibilidade moral é parte integrante do
processo de tomada de decisão ética nos serviços, sendo essencial para o cuidado de
qualidade.
Palavras-chave: Ética em enfermagem. Moral. Prática profissional.


Palavras-chave


Ética em enfermagem. Moral. Prática profissional.

Texto completo:

Português English


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447