Bullying no ambiente de trabalho da Enfermagem: revisão integrativa

Roberta Nazario Aoki, Edinêis de Brito Guirardello

Resumo


Objetivo: Avaliar os estudos que abordam o bullying no ambiente de prática da enfermagem.
Método: Revisão integrativa, realizada no período de abril a dezembro de 2018, por meio da combinação entre os descritores
“bullying / bullying” AND “enfermagem / nursing / nurse” AND “local de trabalho / workplace”. Foram identificados 224 estudos dos
quais 38 atenderam aos critérios de inclusão.
Resultados: Os estudos sobre bullying na enfermagem apresentaram três enfoques principais relacionados à prevalência na prática
da enfermagem, às repercussões para a saúde e desenvolvimento profissional e construção de modelos teóricos para o bullying e
variáveis do ambiente de trabalho da enfermagem.
Conclusão: O bullying é um comportamento negativo presente no ambiente da prática da enfermagem e apresenta impacto direto
na atuação profissional, ao prejudicar a saúde geral e o desempenho profissional. Apesar de ser um comportamento com reconhecido
potencial negativo ao ambiente de trabalho, poucos estudos propõem ações efetivas para prevenção ou controle deste fenômeno nas
instituições de saúde.
Palavras-chave: Bullying. Enfermagem. Local de trabalho. Literatura de revisão como assunto.


Palavras-chave


Bullying. Enfermagem. Local de trabalho. Literatura de revisão como assunto.

Texto completo:

Português English


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447