Aspectos relacionados ao desfecho de tratamento dos casos de tuberculose associadas à comorbidades em situação de fronteira internacional

Débora Christina Santos Souza, Keurilene Sutil de Oliveira, Rubia Laine de Paula Andrade, Lucia Marina Scatena, Reinaldo Antonio Silva-Sobrinho

Resumo


Objetivo: Analisar os aspectos associados ao desfecho do caso e à situação de fronteira internacional entre doentes de tuberculose
com comorbidades.
Método: Estudo epidemiológico, descritivo exploratório, analisando todos os casos novos de Tuberculose com comorbidades notificados no
ano 2013 no Sistema de Informação de Agravos de Notificação em municípios de fronteira do estado do Paraná com o Paraguai. As variáveis
utilizadas foram: sociodemográficas, clínicas e operacionais. Para analisar os dados aplicou-se análise descritiva e o teste qui-quadrado.
Resultados: Dos 227 casos de tuberculose com comorbidades, 70,9% eram de municípios que faziam fronteira com o Paraguai.
O alcoolismo (22,0%) e a aids (13,7%) foram as comorbidades mais frequentes. O teste que qui-quadrado apresentou associação
estatística para os municípios de fronteira com desfecho desfavorável e que não realizam o tratamento diretamente observado.
Conclusão: Pelo estudo, é possível identificar que a localização dos municípios de fronteira pode ser determinante para um
desempenho desfavorável.
Palavras-chave: Tuberculose. Comorbidade. Resultado do tratamento. Saúde na fronteira.


Palavras-chave


Tuberculose. Comorbidade. Resultado do tratamento. Saúde na fronteira.

Texto completo:

Português English


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447