Crenças relacionadas à adesão a dieta de pacientes tratados com anticoagulantes orais

Simone Helena dos Santos Oliveira, Mailson Marques de Sousa, Simone Maria Muniz da Silva Bezerra, Tamara Silva, Karina Karla de Sá Gomes, Gessica Christine de Carvalho e Silva

Resumo


Objetivo: Identificar as crenças relacionadas à adesão a dieta de pacientes tratados com anticoagulante oral.
Método: Estudo descritivo, norteado pela Theory of Reasoned Action, realizado com 57 pacientes em uso contínuo de anticoagulantes
orais, atendidos em ambulatório cardiológico geral em João Pessoa/PB e especializado em anticoagulação no Recife/PE. Os dados
foram coletados no período de fevereiro a maio de 2017, com aplicação de formulário com perguntas abertas, por meio de entrevista,
e submetidos a análise descritiva.
Resultados: As crenças comportamentais positivas mais referidas foram melhorar a saúde/tratamento no ambulatório geral e
controlar a coagulação, no serviço especializado. Filhos, esposo(a), médicos(as) e pais se destacaram, proporcionalmente, em ambos
os cenários, como crenças normativas positivas.
Conclusão: No ambulatório especializado em anticoagulação oral os pacientes agregam mais crenças específicas acerca da
interferência da dieta rica em vitamina K sobre a coagulação, quando comparados com os do ambulatório cardiológico geral.
Palavras-chave: Anticoagulantes. Dieta. Cooperação do paciente. Teoria social.


Palavras-chave


Anticoagulantes. Dieta. Cooperação do paciente. Teoria social.

Texto completo:

Português English


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447