Adequação da assistência pré-natal em casa de parto e causas associadas com as transferências hospitalares

Tamara Cristina da Matta de Oliveira, Adriana Lenho de Figueiredo Pereira, Lucia Helena Garcia Penna, Ricardo de Mattos Russo Rafael, Audrey Vidal Pereira

Resumo


Objetivo: Analisar a adequação da assistência pré-natal em Casa de Parto e as causas associadas com as transferências maternas e
dos recém-nascidos para o hospital.
Métodos: Estudo transversal dos atendimentos da única Casa de Parto, de 2009 a 2014, no Rio de Janeiro. As análises estatísticas
foram pelo Teste χ2 e Razão de Prevalência (RP).
Resultado: A assistência pré-natal adequada predominou (42,8%) e não houve associação (p=0,55) com as transferências. A
transferência materna é causada pela bolsa amniótica rota (RP= 2,09; IC 95% 1,62-2,70) e batimentos cardíacos fetais alterados
(RP= 3,06; IC 95% 2,13-4,39). As transferências do recém-nascido estão associadas com a presença de mecônio no líquido amniótico
(RP= 2,40; IC 95% 1,30 - 4,43); Apgar abaixo de 7 (RP= 5,33; IC 95% 2,65-10,73) e assistência ventilatória ao nascer (RP= 9,41;
IC 95% 5,52-16,04).
Conclusão: As intercorrências na assistência intraparto são as causas associadas com as transferências.
Palavras-chave: Centros de assistência à gravidez e ao parto. Cuidado pré-natal. Trabalho de parto. Cuidados de enfermagem.
Enfermagem obstétrica.


Palavras-chave


Centros de assistência à gravidez e ao parto. Cuidado pré-natal. Trabalho de parto. Cuidados de enfermagem. Enfermagem obstétrica.

Texto completo:

Português English


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447