Características dos idosos atendidos em um pronto-socorro em decorrência de queda

Sabrina Daros Tiensoli, Merielle Lúcia dos Santos, Alexandra Dias Moreira, Flávia Sampaio Latini Gomes

Resumo


Objetivo: Descrever as características dos idosos atendidos no pronto-socorro de um hospital
de ensino em decorrência de queda.
Método: Estudo descritivo, quantitativo, transversal, realizado no pronto-socorro de um
hospital. Os dados foram coletados no mês de novembro de 2017, no prontuário de 1.460
idosos, com registro de queixa principal relacionado à queda. Foi realizada análise descritiva
dos dados.
Resultados: Os principais resultados demonstram que a maioria dos idosos era do sexo
feminino (66,92%), com idade acima de 80 anos (27,27%), solteiros (41,37%) e hipertensos
(78,79%). 88,56% tiveram queda do mesmo nível, tendo como principal consequência o
trauma (55,65%) e 66,30% receberam alta após consulta.
Conclusão: As características dos idosos foram: sexo feminino, idade acima de 80 anos,
estado civil solteiro, e presença de hipertensão arterial. O tipo de queda mais frequente foi do
mesmo nível, sendo o trauma a principal consequência e a alta após consulta o desfecho mais
apontado.
Palavras-chave: Acidentes por quedas. Saúde do idoso. Serviços de saúde de emergência.


Palavras-chave


Acidentes por quedas. Saúde do idoso. Serviços de saúde de emergência.

Texto completo:

Português English


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447