Transferência do cuidado de pacientes com baixo risco de mortalidade no pósoperatório: relato de experiência

Kátia Bottega Moraes, Caren de Oliveira Riboldi, Karen Schein da Silva, Jéssica Maschio, Luciana Paula Cadore Stefani, Juliana Petri Tavares, Wiliam Wegner

Resumo


Objetivo: Descrever a implantação de um fluxograma de transferência do cuidado de
pacientes em pós-operatório, a partir de um modelo de classificação de risco.
Método: Relato de experiência sobre a implantação de projeto piloto entre sala de
recuperação pós-anestésica e unidade de internação cirúrgica, desenvolvido entre
dezembro/2016 e março/2017, visando a transferências do cuidado de pacientes com baixo
risco de mortalidade pós-operatória, em um hospital universitário do Sul do Brasil.
Resultados: O projeto possibilitou agilizar a alta do paciente da Sala de Recuperação Pós-
Anestésica para a unidade de internação cirúrgica, qualificar os registros quanto aos cuidados
de enfermagem e otimizar o tempo dos enfermeiros, em ambas unidades, para as atividades
assistenciais.
Conclusão: A implementação de um fluxograma de transferência do cuidado a partir da
classificação de risco para pacientes em pós-operatório contribuiu para uma comunicação
mais efetiva, culminando em melhorias na segurança do paciente.
Palavras-chave: Sistemas de comunicação no hospital. Segurança do paciente. Enfermagem.
Gestão de riscos.


Palavras-chave


Sistemas de comunicação no hospital. Segurança do paciente. Enfermagem. Gestão de riscos.

Texto completo:

Português English


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447