Implantação do protocolo de termorregulação para recém-nascido em procedimentos cirúrgicos

Lucas Amaral Martins, Suely Pedreira Xavier da Silveira, Irene Maria Fraga Teixeira Avila, Jéssica Alves Sacramento de Moraes, Denise Santana Silva dos Santos, Climene Laura de Camargo, Maria Carolina Ortiz Whitaker

Resumo


Objetivo: Descrever a implantação do protocolo de termorregulação para procedimentos
cirúrgicos em recém-nascido (RN).
Métodos: Relato de experiência, realizado em uma unidade neonatal em Salvador-BA, no
período de janeiro de 2016 a janeiro 2017. O ciclo Plan, Do, Check, Action norteou a
construção, a implantação e a aplicabilidade do protocolo.
Resultados: Implantação do protocolo que possibilitou a redução de eventos adversos por
instabilidade térmica durante procedimentos cirúrgicos e introdução de novas tecnologias.
Conclusão: O protocolo possibilitou a melhoria e o fortalecimento das práticas assistenciais
relacionadas com a cirurgia segura em RN.
Palavras-chave: Segurança do paciente. Recém-nascido. Regulação da temperatura corporal.
Enfermagem.


Palavras-chave


Segurança do paciente. Recém-nascido. Regulação da temperatura corporal. Enfermagem.

Texto completo:

Português English


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447