Cultura de segurança do paciente em centro cirúrgico: visão da enfermagem

Ingrid Moura de Abreu, Ruth Cardoso Rocha, Fernanda Valéria Silva Dantas Avelino, David Bernar Oliveira Guimarães, Lidya Tolstenko Nogueira, Maria Zélia de Araújo Madeira

Resumo


Objetivo: Analisar a cultura de segurança do paciente a partir da visão da equipe de
enfermagem de um centro cirúrgico.
Método: Estudo transversal e analítico realizado com 92 profissionais de enfermagem de um
centro cirúrgico em um hospital de Teresina-PI, os dados foram coletados de janeiro a junho de
2016, por meio da aplicação do questionário Hospital Survey on Patient Safety Culture. Na
análise e interpretação dos dados foi seguido as orientações da AHRQ.
Resultados: A avaliação da segurança do paciente pelos profissionais foi “Regular” (48,9%).
A dimensão da cultura de segurança com resultado mais positivo foi “Aprendizado
organizacional-melhoria contínua” (58,7%) e com resultados menos positivos foram “Abertura
para comunicação” (32,3%) e “Feedback e comunicação sobre erros” (32,6%).
Conclusão: Existem áreas problemáticas na cultura de segurança do setor, mostrando que essa
cultura precisa ser melhor desenvolvida, com especial atenção às dimensões da cultura que
apresentaram avaliação menos positiva.
Palavras-chave: Segurança do paciente. Cultura organizacional. Centros cirúrgicos.
Enfermagem.


Palavras-chave


Segurança do paciente. Cultura organizacional. Centros cirúrgicos. Enfermagem.

Texto completo:

Português English


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447