Características das quedas com dano em pacientes hospitalizados

Melissa de Freitas Luzia, Cassiana Gil Prates, Cristina Fontoura Bombardelli, Jaciara Beatriz Adorna, Gisela Maria Schebella Souto de Moura

Resumo


Objetivo: Descrever as características das quedas com dano de pacientes, seus fatores de risco e lesões decorrentes.
Métodos: Estudo longitudinal e retrospectivo de 260 registros de quedas com dano de pacientes adultos em unidades clínicas
e cirúrgicas de um hospital geral, de setembro de 2012 a junho de 2017. Os dados foram coletados em maio de 2018 a partir do
instrumento de investigação de quedas e prontuário eletrônico, sendo a análise estatística descritiva.
Resultados: A maioria dos pacientes que sofreram queda com dano eram idosos (78%), do sexo feminino (55%), em tratamento
clínico (68%) e desacompanhados (59,4%). As quedas ocorreram da própria altura (63,4%) e no quarto do paciente (67,3%). A
gravidade dos danos foi leve em 80,8% dos casos, grave em 11,9% e moderado, 7,3%.
Conclusões: Melhorar a compreensão sobre as quedas e suas consequências pode subsidiar os profissionais na avaliação dos riscos
e no estabelecimento de medidas preventivas.
Palavras-chave: Acidentes por quedas. Pacientes internados. Segurança do paciente. Dano ao paciente.


Palavras-chave


Acidentes por quedas. Pacientes internados. Segurança do paciente. Dano ao paciente.

Texto completo:

Português English


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447