Clima de segurança do paciente em um hospital de ensino

Felipe Henrique de Lima Magalhães, Isabelle Christine de Almeida Pereira, Raíssa Bianca Luiz, Maria Helena Barbosa, Maria Beatriz Guimarães Ferreira

Resumo


Objetivo: Avaliar a percepção do clima de segurança do paciente pelos profissionais de saúde a partir do Questionário de Atitudes de
Segurança e investigar a associação entre os escores e variáveis sociodemográficas e profissionais.
Método: Estudo quantitativo realizado com 198 profissionais de saúde de hospital filantrópico de Minas Gerais, entre março e junho
de 2017. Utilizou-se instrumento com variáveis sociodemográficas e profissionais e Questionário de Atitudes de Segurança. Realizou-
-se análise estatística com teste t de Student, correlação de Pearson, Anova e regressão linear múltipla.
Resultados: Profissionais apresentaram percepção negativa quanto ao clima de segurança do paciente (69,5). Domínio Satisfação
no Trabalho obteve maior pontuação (81,98), enquanto Percepção da gerência a pior (62,15). Médicos (p=0,005), homens e profissionais
de nível superior (p<0,001) apresentaram melhor percepção de segurança.
Conclusão: Identificação de variáveis preditoras é importante ferramenta para implementação de uma cultura de segurança, favorecendo
qualidade da assistência e redução de eventos adversos.
Palavras-chave: Segurança do paciente. Gestão da segurança. Pessoal de saúde.


Palavras-chave


Segurança do paciente. Gestão da segurança. Pessoal de saúde.

Texto completo:

Português English


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447