Cultura de segurança e comunicação sobre erros cirúrgicos na perspectiva da equipe de saúde

Josemar Batista, Elaine Drehmer de Almeida Cruz, Francine Taporosky Alpendre, Danieli Parreira da Silva Stalisz da Paixão, Ana Paula Gaspari, Aline Batista Mauricio

Resumo


Objetivo: Analisar a cultura de segurança do paciente em relação às dimensões relativas à comunicação e notificação de eventos na
percepção da equipe de saúde.
Método: Survey realizado em hospital de ensino do Paraná mediante aplicação do questionário Hospital Survey on Patient Safety
Culture a 158 profissionais atuantes em unidades cirúrgicas no período de maio a setembro de 2017. A análise dos dados se deu por
estatística descritiva e analítica; dimensões com respostas positivas ≥75% representam áreas fortes para a segurança do paciente.
Resultados: Nenhuma dimensão ou item/questão foram considerados fortes para a segurança do paciente cirúrgico. Houve diferença,
com percepção menos negativa da enfermagem em relação à medicina, nas dimensões “Retorno da informação e comunicação sobre o
erro” e “Frequência de relatos de eventos” (p<0,001).
Conclusão: A equipe de saúde percebe fragilidade na segurança de pacientes em relação à dimensão comunicação, demandando
ações promotoras da segurança do paciente.
Palavras-chave: Cultura organizacional. Comunicação. Segurança do paciente. Centros cirúrgicos.


Palavras-chave


Cultura organizacional. Comunicação. Segurança do paciente. Centros cirúrgicos.

Texto completo:

Português English


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447