Responsabilização e participação: como superar o caráter tutelar no centro de atenção psicossocial álcool drogas?

Jacqueline Macedo dos Santos, Juliana Ávila Baptista, Cíntia Nasi, Marcio Wagner Camatta

Resumo


Objetivo: Analisar o grau de responsabilização e participação do usuário em tratamento no
Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (CAPS-ad) sob a perspectiva da política de
redução de danos.
Métodos: Trata-se de uma pesquisa de abordagem qualitativa, do tipo estudo de caso, com 12
usuários e quatro profissionais do CAPS-ad de um município de Minas Gerais. Os dados
foram coletados entre abril e setembro/2017 por meio de entrevista semi-estruturada,
observação participante e análise documental.
Resultados: A partir da análise de conteúdo, as informações foram organizadas em duas
categorias temáticas: objetivos do tratamento e motivação para o tratamento. Conclusões: os
achados da pesquisa revelaram que os usuários devem ser mais responsabilizados e
empoderados em relação ao seu tratamento.

Conclusões: Sugere-se maior escuta profissional, favorecendo a construção de metas condizentes com os interesses dos usuários, na forma de contratos.

Palavras-chave: Saúde mental. Serviços comunitários de saúde mental. Usuários de drogas.
Redução do dano. Planejamento de assistência ao paciente.


Palavras-chave


Saúde mental. Serviços comunitários de saúde mental. Usuários de drogas. Redução do dano. Planejamento de assistência ao paciente.

Texto completo:

Português English


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447