Características da rede social de apoio ineficaz: revisão integrativa

Michelline Santos de França, Marcos Venícios de Oliveira Lopes, Cecília Maria Farias de Queiroz Frazão, Tatiane Gomes Guedes, Francisca Márcia Pereira Linhares, Cleide Maria Pontes

Resumo


Objetivo: Avaliar as características da rede social de apoio ineficaz evidenciadas em sua estrutura, funcionalidade e dinâmica.
Método: Revisão integrativa, realizada em dezembro de 2017, nas bases Scopus, CINAHL, Web of Science, CUIDEN, BDENF, Lilacs e biblioteca SciELO por meio de combinações entre descritores — Rede Social, Redes Sociais, Apoio Social, Redes de Apoio Social e o termo “ineficaz”—, encontrando-se 2.012 publicações e 24 compuseram a amostra. A análise dos resultados foi alicerçada nas dimensões da Rede Social de apoio.
Resultados: Na dimensão estrutural, observaram-se características referentes à amplitude, densidade da rede e fragilidade dos laços; na funcional, o não cumprimento da função de apoio social em diferentes ocasiões; na dinâmica, conflitos e situações inesperadas interferiram negativamente.
Conclusão: A avaliação das características de rede social de apoio ineficaz permite melhor compreensão das relações e instrumentaliza enfermeiros na mobilização dessas redes direcionada ao bem-estar da pessoa, família e coletividade.
Palavras-chave: Rede social. Apoio social. Enfermagem. Diagnóstico de enfermagem. Processo de enfermagem. Educação em saúde.


Palavras-chave


Rede social. Apoio social. Enfermagem. Diagnóstico de enfermagem. Processo de enfermagem. Educação em saúde.

Texto completo:

Português English


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447