Efetividade da educação a distância no conhecimento de enfermeiros sobre estomias intestinais de eliminação

Delmo de Carvalho Alencar, Elaine Maria Leite Rangel Andrade, Soraia Assad Nasbine Rabeh, Telma Maria Evangelista de Araújo

Resumo


Objetivo: Avaliar a efetividade da educação a distância no conhecimento de enfermeiros da atenção primária sobre estomias intestinais de eliminação.
Métodos: Estudo quase-experimental, do tipo antes-depois, realizado com 41 enfermeiros, no período de junho a julho de 2015, por meio de instrumento construído e validado no Brasil. Para comparar os escores de acertos no pré e pós-teste foi utilizado o Teste de Wilcoxon. Foram considerados estatisticamente significantes os resultados dos testes que apresentaram α menor ou igual a 0,05.
Resultados: Na avaliação do conhecimento dos enfermeiros verificou-se que cinco obtiveram acertos superiores a 80% no pré-teste. Após a educação a distância, o número de enfermeiros que obtiveram acertos superiores a 80% aumentou para 32. Houve diferença estatística significativa no conhecimento dos enfermeiros após intervenção educativa (p=0,000), com percentual de melhoria de 96,7% no geral.
Conclusões: A educação a distância pode ser uma metodologia efetiva para educação permanente de enfermeiros.
Palavras-chave: Estomia. Atenção primária à saúde. Educação a distância. Educação
continuada. Enfermagem.


Palavras-chave


Estomia. Atenção primária à saúde. Educação a distância. Educação continuada. Enfermagem.

Texto completo:

Português English


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447