Assistência segura ao paciente no preparo e administração de medicamentos

Eliana Ofelia Llapa-Rodriguez, Luciana de Santana Lôbo Silva, Max Oliveira Menezes, Júlian Katrin Albuquerque De Oliveira, Leanne Marie Currie

Resumo


Objetivo: Avaliar a conformidade da assistência e a adesão dos profissionais de enfermagem para administração segura de medicamentos em uma unidade de terapia intensiva de um hospital público de Sergipe, Brasil.

Método: Estudo quantitativo, descritivo, corte transversal realizado por meio de observação direta não participante. Coleta realizada em 2015. Amostra não probabilística, por conveniência, constituída da observação de 557 doses de medicamentos preparados e administrados. Para análise dos dados foi utilizada estatística descritiva.

Resultados: Classificados como assistência segura, os itens via certa (85,7%) e forma certa (100%) e como assistência sofrível os itens paciente certo (33,3%), medicamento certo (66,67%), dose certa (50%), registro certo (33,33%), orientação certa (0%) e hora certa (50%).

Conclusão: A prática avaliada foi classificada segundo o índice de positividade de Carter como assistência sofrível, considerando que seis dos oito itens avaliados alcançaram baixa adesão. As fragilidades encontradas comprometem todo o processo de administração de medicamentos.

Palavras-chave: Segurança do paciente. Cuidados de enfermagem. Erros de medicação.


Palavras-chave


Segurança do paciente. Cuidados de enfermagem. Erros de medicação.

Texto completo:

Português English


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447