Significados a respeito da prevenção ao HIV/aids e da sexualidade para jovens católicos

Pablo Luiz Santos Couto, Mirian Santos Paiva, Antônio Marcos Tosoli Gomes, Elionara Teixeira Boa Sorte, Larissa Silva de Abreu Rodrigues, Edmeia de Almeida Coelho

Resumo


Objetivo: Analisar as representações sociais de jovens católicos/as sobre a prevenção ao HIV/aids e a sexualidade.

Método: Estudo misto, aportado na teoria das representações sociais, realizado em 2015 com oitenta e quatro jovens católicos participantes do grupo da Jornada Mundial da Juventude do Facebook. Os dados foram coletados através da técnica de associação livre de palavras e entrevista em profundidade. Para análise das informações foram usados os softwares Tri-Deux-Mots e Alceste.

Resultados: A sexualidade é processada no campo representacional dos/as jovens associada à prática sexual. Por sua vez a prevenção ao HIV, fenômeno representado como intrínseco à sexualidade, ocorre com o uso de preservativos ou com a fidelidade dentro do matrimônio.

Conclusão: Jovens católicos representam a prevenção ao HIV/AIDS como fenômeno transversal a sexualidade, cujas práticas sexuais estão ancoradas tanto nos discursos hegemônicos quanto nos progressistas.

Palavras-chave: Religião e sexo. Sexualidade. HIV. Enfermagem.


Palavras-chave


Religião e sexo. Sexualidade. HIV. Enfermagem.

Texto completo:

Português English


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447