Práticas de atendimento ao neonato na implantação de uma unidade neonatal em hospital universitário

Cecília Drebes Pedron, Ana Lúcia De Lourenzi Bonilha

Resumo


O processo de hospitalização do neonato o torna vulnerável a diversas práticas de atendimento. O estudo objetivou conhecer as práticas de atendimento adotadas pelos profissionais de saúde na implantação da unidade neonatal, no Hospital de Clínicas de Porto Alegre, Rio Grande do Sul. Este estudo qualitativo, fundamentado no referencial teórico da Nova História, teve a história oral como principal estratégia da coleta de dados, ocorrida entre outubro de 2006 e janeiro de 2007. Os 15 informantes, profissionais da área da saúde, atuaram no projeto e/ou implantação de 1972 a 1984. A análise dos dados do tipo temática evidenciou a preocupação dos profissionais de saúde em valorizar o avanço tecnológico e unificar condutas embasadas cientificamente, além da implantação de rotinas que permitiram a permanência dos pais junto ao recém-nascido durante o período de hospitalização. Pôde-se inferir que o objetivo principal destas práticas foi aumentar a sobrevida dos neonatos.


Palavras-chave


História; Neonatologia; Prática institucional.

Texto completo:

PDF


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447