Percepção de idosos sobre a prática e a importância da atividade física em suas vidas

Fabiana Magalhães Navarro, Juliana Furlan Rabelo, Suelen Teixeira Faria, Mislaine Casagrande De Lima Lopes, Sonia Silva Marcon

Resumo


Estudo descritivo-exploratório realizado no município de Maringá, Paraná, com o objetivo de caracterizar o perfil de idosos participantes de um projeto de assistência geriátrica quanto aos aspectos sócio-demográficos e de interação familiar, bem como descrever a percepção dos mesmos sobre a influência das atividades físicas em sua vida. Os dados foram coletados em setembro de 2006, por meio de entrevista semi-estruturada junto a 35 idosos integrantes de um grupo assistido de atividades físicas. Os resultados revelam predominância de indivíduos do sexo feminino, com idade inferior a 70 anos, casados, aposentados, que moram com a família e que avaliam positivamente a participação na vida familiar representada por passeios conjuntos, participação nas decisões e pouca freqüência de conflitos. A maior parte dos idosos refere que as atividades favorecem a saúde física e emocional. Conclui-se que, além de melhoria em suas condições físicas, as atividades proporcionam contatos sociais, dando suporte ao bem estar emocional.


Palavras-chave


Idoso; Idoso de 80 anos ou mais; Atividade motora; Saúde do idoso.

Texto completo:

PDF


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447