Comunicação não verbal do paciente submetido à cirurgia cardíaca: do acordar da anestesia à extubação

Sueli Da Cruz Werlang, Karina Azzolin, Maria Antonieta Moraes, Emiliane Nogueira De Souza

Resumo


A orientação pré-operatória representa uma ferramenta essencial para a comunicação do paciente após a cirurgia. Este estudo teve como objetivo avaliar a comunicação não verbal de pacientes submetidos à cirurgia cardíaca, desde o acordar da anestesia até o momento da extubação após ter recebido orientações pré-operatórias do enfermeiro. Trata-se de estudo quantitativo, com delineamento transversal realizado em um hospital de referência do estado do Rio Grande do Sul de março a julho de 2006. A coleta de dados foi realizada no pré e no pós-operatório. Foi aplicado um questionário para avaliar a comunicação não verbal após o despertar da sedação a uma amostra de 100 pacientes. A análise estatística incluiu os testes de Student, Wilcoxon e Mann Whittney. A maior parte dos pacientes respondeu satisfatoriamente às estratégias de comunicação não-verbal, conforme instruído na orientação pré-operatória. Assim, a comunicação não verbal, fundamentada pela orientação pré-operatória, contribuiu para um despertar mais tranqüilo.


Palavras-chave


Cirurgia torácica; Comunicação não verbal; Cuidados de enfermagem.

Texto completo:

PDF


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447