Práticas de monitoramento na gestão municipal em saúde e sua interface com a enfermagem

Camila Luana Oliveira Reuter, Vilma Constancia Fioravante dos Santos, Carla Garcia Bottega, Adriana Roese

Resumo


Objetivo: Analisar as práticas de monitoramento desenvolvidas pelos municípios e as interfaces com a prática da Enfermagem.
Métodos: Estudo exploratório descritivo com abordagem qualitativa, realizado nos seis municípios da Região de Saúde 10 do Rio Grande do Sul. Foram realizadas entrevistas semiestruturadas junto a seis gestores de saúde e um assessor, com análise de conteúdo.
Resultados: As categorias finais que emergiram dos resultados foram “Práticas de monitoramento na gestão municipal em saúde” e “Dificuldades de implantação do monitoramento pelos gestores”.
Conclusões: Os gestores apontaram potencialidades e fragilidades nas práticas de monitoramento municipal de saúde. A incorporação deste processo é primordial à prática dos profissionais, especialmente da enfermagem, promovendo um incremento no uso de novas ferramentas que propiciam a inovação para subsidiar a tomada de decisão.
Palavras-chave: Monitoramento. Regionalização. Enfermagem em saúde pública. Saúde pública.


Palavras-chave


Monitoramento; Regionalização; Enfermagem em saúde pública; Saúde pública

Texto completo:

Português English


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447