Representações sociais de conselheiros de saúde acerca do direito à saúde e da cidadania

Luciana Melo de Moura, Helena Eri Shimizu

Resumo


Objetivo: Conhecer a estrutura das representações sociais de direito à saúde e cidadania de conselheiros municipais de saúde.
Método: Estudo qualitativo, fundamentado nas Teorias das Representações Sociais e do Núcleo Central, realizado em oito municípios da Região Integrada de Desenvolvimento do Entorno do Distrito Federal, Brasil. A amostra intencional foi composta por conselheiros municipais de saúde. Entre junho e dezembro de 2012 aplicaram-se questionários de evocação livre, dos quais foram respondidos 68 com o termo indutor Direito à Saúde e 64 com o termo indutor Cidadania. Os dados foram analisados por meio do software EVOC e da análise de conteúdo de Bardin.
Resultados: O campo representacional de direito à saúde está associado à ideia de direito universal garantido pela Constituição e pelo SUS e de cidadania vinculado aos direitos e deveres.
Conclusões: As concepções de direito à saúde são entendidas enquanto condição para alcance da cidadania e cidadania como proteção social.
Palavras-chave: Direito à saúde. Participação cidadã. Conselhos de saúde.


Palavras-chave


direito à saúde; participação cidadã; conselhos de saúde

Texto completo:

Português English


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447