Análise das advertências geradas pelas chefias de enfermagem

Ana Maria Müller Magalhães, Heloisa Helena Karnas Hoefel, Maria Lúcia Rodrigues Falk, Marta Motta

Resumo


Esta pesquisa é um estudo original que analisou os motivos pelos quais foram geradas advertências por escrito emanadas pelos Serviços de Enfermagem no HCPA no período de 2001 a 2006 envolvendo diferentes gestores. Trata-se de um estudo exploratório e descritivo com abordagem qualitativa. Os dados, após organizados, foram categorizados em 4 grupos distintos, sendo esses: erros de medicamentos, problemas disciplinares, éticos e falhas técnicas. Dentre os 263 identificados os problemas disciplinares foram os mais incidentes (46%), erros de medicação representaram 28%, questões éticas 11% e falhas técnicas 11%. Não houve alteração ou tendências estatisticamente significativas identificadas com o passar dos anos ou entre os diferentes serviços de enfermagem. Sugere-se que sejam estudadas interferências através da utilização de ferramentas adequadas para a gestão de desempenho dos gestores.

Palavras-chave


Gestão de recursos humanos, punições, enfermagem

Texto completo:

PDF


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447