O cuidado ao usuário de crack: estratégias e práticas de trabalho no território

Aline Basso DA Silva, Leandro Barbosa Pinho, Agnes Olschowsky, Débora Schlotefeldt Siniak, Cristiane Kenes Nunes

Resumo


Objetivo: Conhecer estratégias de cuidado ao usuário de crack no território a partir da realidade de um Centro de Atenção Psicossocial para álcool e outras drogas (CAPS AD).
Método: Estudo qualitativo e descritivo. Os dados foram coletados por meio de entrevista, realizada com oito profissionais de um CAPS AD da região metropolitana de Porto Alegre, entre os meses de fevereiro e março de 2013. Para análise dos dados utilizou-se a análise temática.
Resultados: Foram apontadas, a partir dos dados analisados, estratégias de cuidado no território como: as equipes itinerantes, as visitas domiciliares, a clínica ampliada e a importância do território de trabalho ser o mesmo da residência do profissional.
Conclusão: O cuidado no território mostra-se como uma inovação para o campo da Saúde Mental, visto que permite uma atenção em saúde voltada para o contexto social, cultural e histórico dos usuários.
Palavras-chave: Saúde mental. Reforma dos serviços de saúde. Enfermagem. Políticas públicas. Usuários de drogas.


Palavras-chave


Saúde mental; Reforma dos serviços de saúde; Enfermagem; Políticas públicas; Usuários de drogas

Texto completo:

Português English


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447