Vídeo educativo como recurso para educação em saúde a pessoas com colostomia e familiares

Angélica Dalmolin, Nara Marilene Oliveira Girardon Perlini, Larissa de Carli Coppetti, Gabriela Camponogara Rossato, Joseila Sonego Gomes, Maria Elizete Nunes da Silva

Resumo


Objetivo: Conhecer as percepções de participantes de um grupo de apoio para pessoas com colostomia sobre a utilização de um vídeo educativo como recurso para atividade de educação em saúde.
Método: Pesquisa qualitativa com 16 participantes em um grupo de apoio a pessoas colostomizadas de Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasil. Os dados foram coletados em abril e maio de 2016, por meio de grupo focal, submetidos à análise temática proposta por Minayo.
Resultados: Emergiram três categorias: O cuidar e o cuidar-se aprendido sozinho: a realidade vivida; Educação em saúde e aprendizagem por meio do vídeo educativo: possibilidades percebidas; As singularidades do vídeo educativo na ótica de pessoas colostomizadas e seus familiares.
Conclusão: A exiguidade de orientações posterga a independência e dificulta a autonomia para o cuidado e o autocuidado. A aplicabilidade da tecnologia audiovisual desenvolvida complementa as orientações educativas, possibilitando transformar e repensar as práticas pedagógicas na enfermagem.
Palavras-chave: Educação em saúde. Colostomia. Enfermagem. Tecnologia educacional.


Palavras-chave


Educação em saúde. Colostomia. Enfermagem. Tecnologia Educacional.

Texto completo:

Português English


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447