Dermatite associada à incontinência: estudo de coorte em pacientes críticos

Paula Caroline Gonçales, Patrícia de Oliveira Salgado, Carla Lúcia Goulart Constant Alcoforado, Beatriz de Oliveira Machado, Gilmara Lopes Amorim, Tânia Couto Machado Chianca

Resumo


Objetivos: Estimar incidência, determinar fatores de risco e propor modelo de predição de risco para desenvolvimento de dermatite associada a incontinência em pacientes adultos críticos.
Método: Trata-se de um estudo de coorte concorrente realizado com 157 pacientes críticos. A coleta de dados foi conduzida diariamente entre fevereiro e julho de 2015 em hospital público e de ensino de Belo Horizonte, MG. Os dados foram lançados em banco de dados, submetidos a análise descritiva de sobrevida e multivariada.
Resultados: Obteve-se uma incidência global de 20,4%. Foram encontrados 19 fatores de risco que apresentaram associação significativa com o problema. As variáveis encontradas no modelo de predição de risco foram: sexo masculino, trauma, uso de hipnótico/sedativos, lactulona, suporte nutricional, fezes pastosas e queixa de ardência (local).
Conclusão: Os resultados mostraram que a dermatite é um achado clínico comum em pacientes adultos críticos e merece atenção especial para maior qualidade da assistência de enfermagem.
Palavras-chave: Dermatite das fraldas. Unidades de terapia intensiva. Enfermagem. Diagnóstico de enfermagem.


Palavras-chave


Dermatite associada à incontinência; Unidades de Terapia Intensiva; Enfermagem; Diagnóstico de Enfermagem.

Texto completo:

Português English


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447