A desospitalização em um hospital público geral de Minas Gerais: desafios e possibilidades

Wesley Souza Castro, Roseni Rosângela Sena, Kênia Lara Silva

Resumo


Objetivo: Analisar o processo de desospitalização em um hospital público geral de Minas Gerais na perspectiva dos diretores, dos profissionais de saúde e dos familiares.

Método: Estudo descritivo e exploratório, utilizando a abordagem qualitativa, com orientação teórico-metodológica da dialética. Participaram do estudo 24 profissionais de saúde e 15 familiares de usuários em processo de desospitalização. A coleta de dados ocorreu entre os meses de abril a junho em 2015, com entrevistas semiestruturadas e registros em diário de campo. Os dados foram submetidos à análise de conteúdo temática.

Resultados: A análise do material empírico permitu a construção das categorias: Desospitalização: perspectiva da instituição e Organização da família para o processo de desospitalização.

Conclusão: Existem fragilidades no processo que envolve questões de implementação, sistematização, reorganização interna e continuidade após a desospitalização. Assim, as estratégias utilizadas para a desospitalização têm sido insuficientes para favorecer a integralidade e a continuidade do cuidado no domicílio.

Palavras-chave: Desinstitucionalização. Serviços de assistência domiciliar. Continuidade da assistência ao paciente.           


Palavras-chave


Desinstitucionalização. Serviços de assistência domiciliar. Continuidade da assistência ao paciente.

Texto completo:

Português English


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447