Processo de contagem cirúrgica: evidências para a segurança do paciente

Patrícia Scotini Freitas, Karina Dal Sasso Mendes, Cristina Maria Galvão

Resumo


Objetivo: Analisar o processo de contagem cirúrgica segundo relato de enfermeiros que atuam em unidades de centro cirúrgico de município do estado de São Paulo.
Métodos: Estudo transversal, com amostra de 55 enfermeiros. A coleta de dados ocorreu de agosto a dezembro de 2013, com aplicação de instrumento submetido à validade de face e conteúdo, composto de dados sobre variáveis relativas à caracterização do enfermeiro, hospital e processo de contagem cirúrgica.
Resultados: 52 (94,5%) enfermeiros responderam que o processo de contagem cirúrgica era realizado no seu local de trabalho. Houve associação estatisticamente significante do processo de contagem cirúrgica com o tipo de instituição (P=0,046), da presença do instrumentador com os processos de contagem de instrumentos cirúrgicos (P<0,001) e de compressas (P=0,016).
Conclusão: Os resultados evidenciados fornecem subsídios para a compreensão de como, por quem e quando o processo de contagem cirúrgica era realizado no contexto hospitalar.
Palavras-chave: Enfermagem perioperatória. Segurança do paciente. Pesquisa em enfermagem.


Palavras-chave


Enfermagem perioperatória. Segurança do paciente. Pesquisa em enfermagem.

Texto completo:

PORTUGUÊS ENGLISH


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447