Adaptação transcultural do Inventory of Callous-Unemotional Traits para avaliação de traços de insensibilidade e afetividade restrita de adolescentes no Brasil

Roberta Rigatti, Diogo Araújo DeSousa, Giovanni Salum, Pâmela Franciele Oliveira Alves, Gabriela Bottan, Elizeth Heldt

Resumo


Objetivo: Realizar a adaptação transcultural para o português brasileiro do instrumento Inventory of callous-unemotional traits (ICU) para avaliação de traços de insensibilidade e afetividade restrita de adolescentes.
Método: Estudo metodológico que envolveu as etapas de tradução, retradução, avaliação por comitê de especialistas e de clareza da versão pré-final do ICU, avaliado por 40 adolescentes, entre 10 a 17 anos, de ambos os sexos, de uma escola pública.
Resultados: A versão pré-final do ICU foi aprovada pelo comitê de especialistas e pelo autor do instrumento. A avaliação da clareza revelou uma boa compreensão dos itens. Os 10 itens com menor clareza foram modificados conforme as sugestões.
Conclusão: A versão final do ICU para o português brasileiro mostrou ser similar ao instrumento original no que se refere à equivalência semântica, operacional e conceitual. Recomendam-se a realização de estudos que evidenciem a validade psicométrica do ICU adaptado para o português brasileiro.
Palavras-chave: Adolescente. Estudos de avaliação. Escolas.

 


Palavras-chave


Adolescente. Estudos de avaliação. Escolas.

Texto completo:

Português English


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447