O significado da gestão do cuidado para docentes de enfermagem na ótica do pensamento complexo

Thayane Roberto Simões de Lucca, Marli Terezinha Oliveira Vannuchi, Mara Lucia Garanhani, Brígida Gimenez Carvalho, Paloma de Souza Cavalcante Pissinati

Resumo


Objetivo: Compreender o significado da gestão do cuidado para docentes de enfermagem na ótica do pensamento complexo.
Métodos: Pesquisa qualitativa e compreensiva, do tipo estudo de caso, na qual foram realizadas entrevistas individuais com 17 docentes do curso de enfermagem de uma universidade pública no sul do Brasil. Os dados foram submetidos à análise compreensiva à luz do Pensamento Complexo de Edgar Morin.
Resultados: Emergiram duas categorias: “a fragmentação clássica versus o todo contemporâneo” e “o ensino da gestão do cuidado e o processo de trabalho do enfermeiro”, por meio das quais se constatou que, apesar da proposta integralizadora do currículo, a gestão do cuidado ainda é visualizada de maneira fragmentada.
Conclusões: Torna-se necessário ressignificar a gestão do cuidado para que esta tenha um caráteragregador ao longo do ensino.
Devem ser criadas estratégias que possibilitem momentos de reflexões sobre a temática, permitindo que o ensino provoque mudanças no processo de trabalho do enfermeiro.
Palavras-chave: Gerenciamento da prática profissional. Enfermagem. Conhecimento. Ensino. Educação superior.


Palavras-chave


Gerenciamento da prática profissional; Enfermagem; Conhecimento; Educação Superior; Ensino

Texto completo:

PORTUGUÊS ENGLISH


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447