A Teoria da dádiva e o cuidar

Sheyla Gomes Pereira de Almeida, Raimunda Medeiros Germano

Resumo


A presente reflexão trata das relações interpessoais estabelecidas entre pacientes e equipe de enfermagem, enfocando a conformação dos vínculos gerados nesse relacionamento; tendo como aporte teórico a Teoria da dádiva, de Marcel Mauss. Destaca-se a importância da interação pessoa/pessoa como o principal constituinte da estrutura na qual se apóiam ações desenvolvidas pelos profissionais da saúde, suscitando disponibilidade para desenvolver o relacionamento interpessoal, com o intuito de facilitar o bom desempenho nos cuidados prestados, transcendendo, inclusive, as questões técnicas. Com base na Teoria da dádiva, depreende-se a existência da circulação de bens simbólicos entre a equipe de enfermagem e os pacientes, na atenção à saúde, requerendo dos profissionais posturas humanitárias, as quais serão traduzidas em gestos, comportamento e atitudes.

Palavras-chave


Enferamgem; Comunicação; Relações interpessoais

Texto completo:

PDF


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447