Tradução para português do Brasil e adaptação cultural de um questionário sobre medicamentos potencialmente perigosos

Ariane Cristina Barboza Zanetti, Carmen Silvia Gabriel, Andrea Bernardes, Leonardo Régis Leira Pereira

Resumo


Objetivo: Descrever os processos de tradução para a língua portuguesa e adaptação cultural do Questionário de Medicamentos Potencialmente Perigosos para o contexto brasileiro.
Métodos: Estudo metodológico compreendendo as etapas de tradução do chinês para o português brasileiro, síntese das traduções, retrotradução para a língua de origem, comitê de juízes e pré-teste, procedendo à versão final do questionário.
Resultados: No processo de tradução, variações vocabulares mínimas foram solucionadas após consenso entre os tradutores. O comitê de juízes considerou que a versão traduzida para o português apresentou equivalência semântica, idiomática, cultural e conceitual, mas 50% dos itens necessitaram de ajustes. No pré-teste 30 enfermeiros de um hospital de ensino avaliaram os itens como compreensíveis.
Conclusões: Houve equivalência semântica, idiomática, cultural e conceitual satisfatória entre as versões do questionário, o qual é pertinente à cultura brasileira e facilmente compreensível. Entretanto, para que se disponibilize o questionário adaptado, faz-se imprescindível avaliar suas propriedades psicométricas.
Palavras-chave: Tradução. Enfermagem. Segurança do paciente. Erros de medicação.


Palavras-chave


Tradução (processo); Enfermagem; Segurança do Paciente

Texto completo:

PORTUGUÊS ENGLISH


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447