Mulheres catadoras de materiais recicláveis: condições de vida, trabalho e saúde

Alexa Pupiara Flores Coelho, Carmem Lúcia Colomé Beck, Marcelo Nunes da Silva Fernandes, Natiellen Quatrin Freitas, Francine Cassol Prestes, Juliana Zancan Tonel

Resumo


Objetivo: Conhecer elementos relacionados às condições de vida, ao trabalho e à saúde de mulheres catadoras de materiais recicláveis, cooperativadas em um município do estado do Rio Grande do Sul, Brasil.
Método: Estudo qualitativo, exploratório-descritivo, com sete catadoras de uma cooperativa de reciclagem. A produção de dados incluiu observação participante, entrevistas semiestruturadas e grupo focal, de julho a agosto de 2013. Utilizou-se a análise de conteúdo.
Resultados: Emergiram as seguintes categorias temáticas: Trabalho feminino, informalidade e precariedade; Vivências de satisfação no trabalho; e Condições de trabalho e saúde: as experiências com acidentes, adoecimento e serviços de saúde.
Conclusão: Evidenciou-se a precariedade que caracteriza a atividade laboral das catadoras de materiais recicláveis, as quais estão expostas a riscos potenciais à saúde como sobrecarga de trabalho, acidentes, adoecimento e inseguridade social, bem como o papel da enfermagem no sentido de promover ações em prol da saúde e inclusão dessas trabalhadoras.
Palavras-chave: Saúde do trabalhador. Condições de trabalho. Catadores. Enfermagem. Trabalho feminino.


Palavras-chave


Saúde do Trabalhador; Condições de Trabalho; Pesquisa Qualitativa; Catadores; Enfermagem.

Texto completo:

PORTUGUÊS ENGLISH


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447