Saúde e ambiente nas políticas públicas em municípios que cultivam tabaco no sul do Brasil

Vilma Constancia Fioravante dos Santos, Eliziane Nicolodi Francescato Ruiz, Deise Lisboa Riquinho, Marilise Oliveira Mesquita

Resumo


Objetivo: Analisar os desafios e as potencialidades para o desenvolvimento e a implementação de Políticas Públicas Locais que enfoquem a relação entre o uso do agrotóxico, a saúde da população rural e do ambiente em municípios produtores de tabaco do sul do Brasil.
Métodos: Pesquisa qualitativa do tipo Estudo de Caso, realizada em três municípios produtores de tabaco, por meio de entrevistas semiestruturadas com sete atores envolvidos na atenção à saúde municipal. Os dados foram analisados por meio da análise temática.
Resultados: A problemática em estudo não está entre as prioridades para as Políticas Públicas Locais. Contudo, os municípios apresentam iniciativas que envolvem ações sobre o uso de agrotóxicos, articuladas com a educação permanente e ações intersetoriais.
Conclusões: Ações para proteger a saúde dos produtores rurais estão necessariamente amalgamadas ao desenvolvimento sustentável, neste sentido, a agenda pública atenderia os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM).
Palavras-chave: Objetivos de Desenvolvimento do Milênio. Agroquímicos. População rural. Políticas públicas.


Palavras-chave


Objetivos de Desenvolvimento do Milênio; Agroquímicos; População Rural; Políticas Públicas

Texto completo:

PORTUGUÊS ENGLISH


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447