Avaliação do atributo integralidade na atenção à saúde da criança

Suênia Gonçalves de Medeiros, Simone Soares Damasceno, Simone Elizabeth Duarte Coutinho, Beatriz Rosana Gonçalves de Oliveira Toso, Neusa Collet

Resumo


Objetivo: Avaliar a presença e a extensão do atributo integralidade na atenção à saúde da criança no contexto da Estratégia Saúde da Família. Método: Estudo avaliativo, transversal, quantitativo, com 344 familiares de crianças, realizado em Unidades de Saúde da Família de João Pessoa-PB. Os dados foram coletados por meio do PCATool Brasil – versão criança e analisados à luz da estatística descritiva e exploratória. Resultados: Observou-se que o atributo integralidade não obteve escores satisfatórios nas duas dimensões avaliadas, a saber, serviços disponíveis e serviços prestados. Os baixos escores obtidos revelam que o atributo não possui a extensão esperada para um serviço de Atenção Primária à Saúde e apontam para aspectos que requerem mudanças. Conclusão: Registra-se a necessidade de reestruturação dos serviços, buscando articulações intersetoriais na oferta da atenção à saúde da criança e a valorização das relações entre profissionais e usuários a fim de promover uma dimensão cuidadora efetiva e integral. Palavras-chave: Integralidade em saúde. Atenção primária à saúde. Saúde da criança. Avaliação de serviços de saúde.


Palavras-chave


Integralidade em saúde; Atenção Primária à Saúde; Saúde da Criança; Avaliação de serviços de saúde.

Texto completo:

Português English


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447