Violência sexual contra adolescentes em Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Lucyana Conceição Lemes Justino, Cristina Brandt Nunes, Maria Auxiliadora de Souza Gerk, Simone Sousa Oliveira Fonseca, Alisson André Ribeiro, Antonio Conceição Paranhos Filho

Resumo


Objetivo: Analisar a situação da violência sexual contra adolescentes.
Métodos: Estudo transversal com análise espacial, abrangendo 172 fichas de notificação, de janeiro de 2009 a janeiro de 2013, em Campo Grande, Mato Grosso do Sul. Para a análise espacial, os dados foram agrupados por bairro. A análise estatística dos dados foi descritiva.
Resultados: Os adolescentes em situação de violência foram majoritariamente meninas (94,8%) e de cor branca (37,8%). Predominou a violência intrafamiliar (51,7%) e com um perpetrador (66,9%). A gravidez (8,7%) foi uma das consequências. Os casos tiveram distribuição homogênea no município, sem padrão espacial preferencial e sem distinção de estrato social.
Conclusões: Apesar da subnotificação de casos de violência sexual, a frequência e as consequências individuais e coletivas desta são suficientemente graves para torná-la uma questão de saúde pública.
Palavras-chave: Violência sexual. Enfermagem pediátrica. Saúde do adolescente. Enfermagem em saúde pública. Análise espacial. Objetivos de Desenvolvimento do Milênio.



Palavras-chave


Violência sexual; Enfermagem pediátrica; Saúde do adolescente; Enfermagem em saúde pública; Análise espacial

Texto completo:

PORTUGUÊS ENGLISH


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447